segunda-feira, 30 de maio de 2011

Depressão

-->




Essa depressão me arruína
Essa falta de atenção é uma desgraça
Eu vejo idiotas ganhando fácil a vida
Me conformo a pensar que esse mundo é uma farsa;
Um pai estava passeando com seu filho
Por uma rua bela e deserta
De repente, ele escuta o barulho de um tiro
Acertou o seu filho em uma das pernas
E é esse o mundo que vivemos
Essa é a realidade alegre e triste
A beleza é tão insegura quanto o medo
De viver uma ilusão que não existe;
A cada dia que passa eu me convenço
Que as horas me trazem um sofrimento interno
São ondas do Tártaro, mas eu chego a conclusão
De que, para ser iluminado, passa-se primeiro pelo inferno.
Essa depressão me arruína
Fico em casa escutando Noel Rosa
Também escuto Iggy Pop e Jonnhy Cash
Ninguém me dá um conselho que preste;
Eu vejo idiotas ganhando fácil a vida
Mas não, não vou entrar nessa jogada
É melhor conservar meu corpo sem feridas
Do que dar uma cartada muito errada;
A cada hora que passa eu me convenço
De que o amanhecer é sádico e belo
A luz escurece o que eu ainda tinha
Para ser iluminado, se vai primeiro ao inferno.


2011 - Rívison

Nenhum comentário: