segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Solidão

 
Há momentos em que o convívio consigo mesmo
Chega a doer na alma
É como se o sol fosse embora mais cedo
É como se estivesse em um deserto sem água.
Andando por pântanos de desespero
Querendo apenas uma liberdade distante
Clamando por amor e por zelo
De corações frios e inconstantes.
A solidão, na melhor das hipóteses
É algo que amadurece o espírito
Nos deixa fortes, quando sobrevivemos
E cansados de sobreviver.
Então, vira essa garrafa, toma mais um gole
Que boa vontade é o que mais temos
O mundo é um cínico, e na pior das hipóteses
A solidão é algo que é pior do que sofrer.


Rívison  -  2009

Nenhum comentário: