terça-feira, 2 de março de 2010

Cibele

 





Creio que alguma estrela brilhou
Instantes depois que você se foi
Bruta beleza de olhos verdes
Estonteantes palavras de amor
Limpei minha alma com seus conselhos
Escrevi certo por linhas tortas
Por que a vida é cruel com os bons?
Ainda não sei a resposta...
Rasguei nossas cartas quando vi as flores que lhe mandaram
Ainda era noite, perto de amanhecer o dia
Segui, então, os meus próprios passos
Esqueci de tomar o remédio contra aquela alergia
Mas você me curou de tantas coisas
Patético, eu fico sem você, sem forças
Rapidamente o mundo gira e o tempo passa
Enquanto os oceanos nos dão tristeza e graça.


[Rívison]

[ Isso é uma singela homenagem a uma grande amiga. Loira, essa é pra vc. Sua falta é enorme. Devia ser proibido pessoas especiais como vc irem tão cedo. Fique em paz, onde vc estiver. Levo seu afeto e suas palavras até o fim da estrada da vida e, quem sabe, além dela.]

Nenhum comentário: