quinta-feira, 12 de junho de 2008

Onde dormem as âncoras

Meus olhos cansados não esperam nada de genial
Minha boca seca já não tem esperança de encontrar água nesse deserto.
Os costumes evoluem e viram tradições,
Eu não os acompanho e fico tão desatinado
As máquinas evoluem e substituem os corações,
Eu acho que nasci no lugar errado.
Meus olhos cansados encontraram você
Nesse inverno, nesse frio, e a minha boca,
Bebe em você a esperança de dias melhores

Quem diria que, de semanas tão mortas
Algo surgisse em forma de carne, alma e força
Algo que deu o combustível certo a sentimentos velozes.

Meus olhos cansados enxergam tudo tão mal
Rabiscos perdidos no quadro da vida
Distorção magnética da minha polaridade
Minha cabeça revirou-se como alguém que contempla, ao meio-dia, a cidade natal
Quando tudo já era sem cheiro, os rabiscos da minha miopia
Exalaram um perfume irreconhecível, antropofagia de mim mesmo
É cedo, te conheci ontem, mas já te conheço faz tempo
Parece que tem alguém se tornando meu veneno vital
E eu que não queria ser envenenado agora
Mordida de cobra
Não, pior, estado de encantamento.

(Rívison) 28/04/2007 02:53 am

terça-feira, 10 de junho de 2008

Um Diálogo




E se a noite não tiver mais fim?
- Eu vou pra internet.

E se seu medo do escuro não acabar?
- Eu dou um abraço nele e vou ser feliz.

E quando as pessoas ao redor rirem?
- Eu vou rir junto com eles, como um pivete.

E quando a madrugada demorar a passar?
- Eu vou acordar a pessoa que mais amo.

E se a pessoa que você ama não existir mais?
- Eu vou dormir pra sonhar com ela.

E se você não conseguir dormir?
- Eu vou olhar as estrelas pela minha janela.

Por que você vai fazer isso?
- Porque a pessoa que amo virou uma estrela que ilumina a Terra.

E se a chuva cair?
- Eu subo por uma escada e passo as nuvens.

E o que você verá lá de cima?
- Verei a janela do meu quarto entreaberta.

E o que verá quando olhar pra cima?
- Verei a pessoa que eu amo mais de perto.

Tão perto que vai poder escutar sua voz?
- Sim.

E o que ela vai lhe dizer?
- Que o mais certo é eu ficar lá embaixo
Onde eu encaixo minha vida nos planos
Onde eu desato e formo laços e nós
Onde a luz dela sempre vai estar do meu lado.

(Rívison Batista) 18/05/2008 02:05 am